Dicas para uma viagem segura e prazerosa com seu cão

Dicas para uma viagem segura e prazerosa com seu cão

Finalmente chegou dezembro e muitas pessoas estão prestes a arrumar as malas e embarcar para as tão esperadas férias de verão. Para os donos que optam por uma viagem com seu fiel escudeiro ao seu lado, listamos algumas dicas para ajudá-los.

Viagem de carro

Programe uma caminhada com seu cão logo antes de sair para viajar, assim ele faz suas necessidades e gasta energia ficando menos ansioso durante a viagem. Também é interessante reduzir a porção da refeição do animal antes de sair, ajudando a evitar enjoos.

O cão precisa ser hidratado durante todo o percurso, portanto deve-se levar sempre água fresca e ração. Para evitar surpresas desagradáveis, faça algumas paradas para que o peludo faça suas necessidades. Não esqueça de levar o bom e velho saquinho do cocô e caso ele se suje com lama por exemplo, é válido ter um paninho para limpá-lo.

Quando o cão permanecer sozinho no veículo, deixe os vidros entreabertos para manter a circulação do ar. Não vale deixá-lo muito tempo dentro do carro, isso pode desidratá-lo rapidamente caso esteja quente. Procure parar em lugares pet friendly, assim poderá levá-lo com você.

Se seu cão não está acostumado a andar de carro, comece com rápidas voltas pela cidade, você pode recompensá-lo com um petisco no final de cada passeio de carro, assim ele não irá estranhar tanto na hora da viagem.

Os cães devem trafegar no banco traseiro do carro e com cinto de segurança afivelado. Existem diversos modelos que podem ser encontrados em pet shops. É extremamente desaconselhável usar enforcador acoplado ao cinto de segurança, eles podem acabar se machucando em caso de freada brusca ou acidente. Cães de pequeno porte podem ser transportados em caixa de transporte, cabe ao dono a escolha mais confortável para o cão. O importante é não deixá-lo solto pelo carro, ele pode atrapalhar o motorista comprometendo a segurança de todos.

Durante a viagem lembre-se de manter o ambiente fresco. Caso esteja muito calor, deixe o ar-condicionado ligado. Dê preferência para horários mais frescos como à noite; os animais não passam tanto calor e isso faz com que a viagem se torne mais prazerosa para todos.

Viagem de avião

Todas as companhias aéreas permitem o transporte de animais, entretanto, cada uma delas têm as suas próprias regras. É aconselhável emitir a passagem com o máximo de antecedência, pois a maioria das companhias tem um limite de animais por voo.

Algumas companhias permitem que os animais fiquem junto com os proprietários em uma caixa de transporte e outras alocam os animais no compartimento de carga destinado a este fim.

Veja aqui as regras das principais cias aéreas nacionais: Gol, Latam, Avianca, Azul

Viagem de ônibus ou navio

Poucas companhias de ônibus e navio aceitam o embarque de animais. Por isso informe-se bem antes de comprar passagem. Programe-se com antecedência para evitar frustrações e desconforto do seu peludo.

Nas viagens de avião, navio e ônibus, é obrigatória a apresentação de um atestado médico emitido pelo veterinário comprovando a saúde e a vacinação em dia do animal.

Antes de sair para viajar, verifique se as vacinas do seu cão estão em dia, assim como a proteção contra pulgas, carrapatos e outras pragas. A imunização do pet garante sua saúde caso exposto a ambientes contaminados. Não esqueça a coleira com a plaquinha de identificação e uma mala bem simples com brinquedos, comedouros e outros itens básicos para o conforto do cão.

Muitos cães se sentem desconfortáveis durante a viagem, se for o caso do seu pet, uma visita ao veterinário é uma boa opção antes de viajar. Ele poderá indicar alguns medicamentos que acalmam ou auxiliam em caso de enjoo.

Não esqueça de confirmar se o local do seu destino aceita cães para evitar problemas.

Boa viagem e divirtam-se!

 

Foto: Augusto Kuba

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *