Dicas para acalmar os cães na hora da queima de fogos

Dicas para acalmar os cães na hora da queima de fogos

Todo mundo sabe que fogos de artifícios são o terror da bicharada. Cães e gatos têm audição sensível e costumam sair correndo tentando se esconder com medo do barulho alto. Mas como minimizar as manifestações de pânico?

Alguns exercícios podem ser adotados para evitar excesso de euforia na hora do barulho de comemorações como ano novo, jogos de futebol, festa junina ou até mesmo trovões.

No dia-a-dia, aproveite situações onde o barulho distante de fogos vire motivo de festa. Trate-o como se algo bom estivesse acontecendo. Ofereça um petisco, brinquedo ou apenas demonstre que o som é algo divertido. Isso funciona como um treino para que o cachorro se sinta mais confiante em um episódio de muito barulho.

Durante a queima de fogos, não recompense seu cão com afagos exagerados, frases de acolhimento ou abrace-o como se fosse protegê-lo. Ele provavelmente vai associar o som alto a algo que pode ser perigoso pois percebe a mudança de comportamento do dono. Nessa hora o mais correto é ficar calmo e deixa-lo em um lugar tranquilo com cheiros familiares como o quarto. Você pode deixar a televisão ou rádio ligado para abafar o som de fora. Evite tirá-lo do lugar escolhido como esconderijo, ele pode ter uma reação negativa por se sentir exposto.

Certifique-se que o cão está em um espaço seguro, portas e janelas devem ficar fechadas para evitar fugas. O cão amedrontado ao tentar fugir do barulho alto, pulando uma janela ou escapando por um portão aberto, pode acabar se machucando seriamente. Evite acorrenta-lo, por estar muito estressado pode tentar se soltar e ferir-se.

Se o cão for extremamente assustado é interessante conversar com um veterinário, existem alguns remédios homeopáticos e alopáticos que podem ajudar a acalmá-lo.

Fique atento se o cão está com sua coleira de identificação, assim ele pode ser facilmente identificado e devolvido caso fuja de casa. A “microchipagem” também é uma opção, o chip carrega todas as informações importantes do pet.

Não espere o ano novo chegar, pratique os exercícios com seu cachorro, é a melhor forma de ajudá-lo. Caso for medicá-lo, faça um teste antes e observe seu comportamento. Infelizmente não podemos evitar a queima de fogos, mas criar um ambiente tranquilo e seguro é uma boa solução durante datas festivas e trovoadas.

 

foto: Augusto  Kuba

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *